Posts Tagged ‘Inhotim’

Belzonte Cultural – o CACI

setembro 27, 2007

caci-036.JPG

Como muita gente sabe, minha mana adotou a cidadania “mineiroca” (mineira+carioca) e eu vivo visitando esse ramo “belzontino” da família.  Toda vez que eu vou lá, ela aparece com uma novidade “alterosa”.  

A novidade que mais me encantou foi o Centro de Arte Contemporânea de Inhotim, o CACI. É um mega-museu a céu aberto a 60 km de Belo Horizonte, instalado numa antiga fazenda de 300 mil m2 que pertenceu à uma empresa mineradora na região de Brumadinho (Inhotim – pertencente ao senhor Tim).  O CACI foi criado em 2004 com o acervo do empresário Bernardo Paz, e conta com obras de artistas brasileiros reconhecidos internacionalmente como Hélio Oiticica, Cildo Meireles, Tunga, Vick Muniz e outros estrangeiros.

São sete edifícios projetados por Paulo Orsini, perfeitamente integrados aos jardins nababescos da grife Burle Marx. 

dsc00889.JPG caci-035.JPG dsc00896.JPG caci-007.jpg

caci-037.JPG   caci-001.jpg  caci-010.jpg

Eu não sou exatamente uma marchand, mas saí de lá entendendo tudo sobre as obras expostas, as visitas guiadas (vale muuuito a pena agendar) são feitas por alunos de artes plásticas e por estudantes da comunidade local patrocinados pelo próprio museu.  Isso torna tudo mais interessante.

caci-024.jpg

(Qual é a cor dos carros?)

caci-012.jpg

(De longe parecem mariposas voando)

caci-016.jpg

(mega-dedal, hiper-linha e über-agulha, com farpas metálicas, presas MAGNETICAMENTE)

caci-034.JPG

Espelhos amigos e inimigos (côncavos e convexos)

caci-005.jpg

Uma bola de futebol espacial? Não, uma instalação muito “enjoativa” com uma fonte e luz negra

Mas, o que mais impressiona são as experiências sensoriais.  Algumas “instalações” se propõem a provocar os sentidos.  A que eu mais gostei foi uma sala com 40 caixas de som de altíssima qualidade que reproduzem um coral masculino de 40 vozes, tocando uma peça barroca.  Pode-se escutar cada um deles respirando, tossindo e falando antes de começar a cantar.  Nós ficamos no meio da sala e quando eles cantam juntos dá a exata sensação de estar no meio do palco, aonde quer que eles estejam.  

caci-025.jpg

Agora o museu foi providencialmente equipado com dois restaurantes, um deles tipo bistrô e outro com um buffet muito bem servido, com paredes abertas pros jardins nababescos.  É um passeio pra todos os sentidos.

caci-020.jpgcaci-019.jpgcaci-018.jpgcaci-004.jpg

Aberto de quinta a sábado, o Centro recebe visitas gratuitas agendadas anteriormente, e grupos escolares exculsivamente às quintas-feiras.

Telefone:
(31) 3571 6638
Internet:
http://www.caci.org.br/
info@caci.org.br

Anúncios